transformamos a vida de milhares de jovens através da educação.

Everton Sabú
Fundador

Junte-se a Nós nesta missão!

Saiba como tomar decisões difíceis no trabalho

Na vida, nós estamos tomando decisões importantes a cada momento. Para chegar ao patamar profissional no qual você está hoje, com certeza muitas escolhas foram realizadas durante essa caminhada.

Quando é preciso tomar decisões que envolvam o trabalho e a família, as coisas podem ficar mais complexas. Afinal, são dois contextos muito importantes na vida de todos nós. Diante de escolhas difíceis, é normal se sentir confuso e até ansioso. Mas com atitudes simples você pode manter a calma e ter segurança na escolha. Veja nossas dicas!

Faça um planejamento estratégico pessoal

Nenhuma grande escolha nasce do vazio. Para tomar decisões, nós nos remetemos ao que conhecemos da realidade e ao que queremos para o futuro. Por isso, ter um planejamento pessoal é uma estratégia para estar sempre preparado para reavaliar caminhos e fazer novas escolhas.

Não é produtivo viver sem estabelecer propósitos, principalmente em relação à carreira. É importante traçar metas e ter planos em curto e longo prazo. Assim, você tem mais elementos para avaliar as necessidades e embasar decisões importantes.

Todo planejamento estratégico começa pelo diagnóstico da sua condição atual. Praticar o autoconhecimento e a autoanálise é o primeiro passo. Depois, você deve refletir sobre seus desejos futuros. Lembre-se de incluir não só aspirações profissionais, mas também as necessidades da sua vida pessoal e familiar. É preciso integrar esses contextos e buscar a harmonia entre eles.

Tenha foco naquilo que deseja

Depois de traçar um planejamento estratégico para a sua vida, é importante manter o foco nos objetivos. Para cada meta, é possível definir estratégias que aproximem você da realização. Saber o que quer e concentrar-se nessa conquista é um fator importante na hora de tomar decisões.

Algumas escolhas podem auxiliar na sua caminhada ou distanciar você das próprias metas. Para saber o que decidir, é preciso estar centrado nos seus desejos e possibilidades. Quem tem clareza dos seus objetivos consegue pesar os prós e contras mais tranquilamente, tomando decisões mais efetivas.

Uma oportunidade aparentemente benéfica pode esconder escolhas muito difíceis. Por exemplo, se o seu desejo é deixar o emprego atual e começar a empreender, receber uma proposta de promoção na empresa coloca você diante de um conflito. Ter foco no que planejou anteriormente ajuda nessa tomada de decisão.

Separe um tempo para pensar

Evite tomar decisões precipitadas. Geralmente, as escolhas feitas com rapidez trazem mais risco de arrependimento futuro. Definir caminhos na profissão e na vida pessoal é algo importante, por isso, dê tempo ao tempo.

Mesmo que a pressão esteja grande e você não possa dedicar muitos dias ou semanas para pensar no assunto, encontre tempo de qualidade no período que você tem disponível. Vá para um ambiente calmo, reflita sobre suas opções e busque a melhor escolha.

Informe sua decisão final apenas quando sentir que teve tempo suficiente para pensar sobre ela. Além disso, procure conversar apenas com pessoas diretamente envolvidas na escolha ou com quem você acha que pode ajudar efetivamente. Buscar muitas opiniões pode deixar você mais confuso e dificultar esse momento.

Organize seus pensamentos

Aliada à pressa, a ansiedade é outro fator que atrapalha na hora de tomar decisões difíceis. Diante de uma escolha complexa, nossa mente tende a se sobrecarregar. Por um lado, isso ajuda a levantar mais informações sobre o problema e pensar mais rápido. Por outro, o excesso de tensão é um fator negativo.

Assim, procure acalmar seus pensamentos e organizá-los. Saber lidar com a pressão é uma aprendizagem necessária no mundo corporativo de hoje. Por isso, o ideal é não se deixar levar pelo estresse do momento, mas tentar concentrar-se em pensamentos produtivos.

Além de organizar a mente, reconheça também a sua intuição. Nem todas as decisões são puramente racionais. Na verdade, o fator emocional pesa muito nas nossas escolhas, principalmente quando elas afetam questões profissionais e familiares.

Se sentir necessidade, faça exercícios de respiração e meditação, a fim de se conectar melhor com seus sentimentos e pensamentos.

 

 

Pese as vantagens e desvantagens de cada opção

Sabe aquelas famosas listas de prós e contras? Elas continuam sendo uma das estratégias mais eficazes na hora de tomar decisões complexas. Colocar tudo no papel torna os fatores mais concretos, possibilitando maior consciência do processo de escolha.

Muitas vezes, certas vantagens ou desvantagens só são lembradas quando paramos para escrever. Além disso, é sempre importante lembrar que cada escolha representa uma (ou várias) renúncia. Ter clareza do que é deixado de lado também é fundamental no processo de escolha, evitando arrependimentos.

Toda decisão tem aspectos positivos e negativos — é a balança dos dois que vai fazer com que você chegue a uma opção consciente e segura.

Saiba como conversar e lidar com os familiares

Ter uma relação harmônica na família é fundamental tanto para a sua saúde pessoal quanto para o seu trabalho. É importante lembrar que a carreira não pode ser a prioridade absoluta, a ponto de deixar os familiares de lado. Afinal, eles são a razão de você sair todos os dias para trabalhar.

Por isso, valorize sua família e construa um relacionamento saudável e prazeroso com ela. Preze para que os familiares participem de suas decisões, por mais difíceis que sejam. Pode parecer complicado, mas, se todos souberem conversar, eles podem ser de grande ajuda nos seus processos de escolha.

Se você precisa tomar uma decisão que vai afetar sua dinâmica familiar, mas que você considera produtiva, não esconda nada deles. Dialogue, argumente, apresente alternativas para diminuir o impacto da mudança na rotina e, então, peça o companheirismo de todos.

Para lidar com a família, o respeito e o diálogo são essenciais. É importante saber ouvir a todos e aprender a se expressar da melhor forma, evitando mal entendidos e conflitos desnecessários. Além disso, as conversas não devem se limitar a momentos de pressão — busque construir uma boa convivência, fazendo refeições juntos, se divertindo em grupo e compartilhando o dia a dia de cada um.

Muitas vezes precisamos tomar decisões difíceis no trabalho, sobretudo quando envolvem também a vida familiar. Embora não seja um processo simples, fazer escolhas é algo que nos faz crescer e nos coloca diante do que queremos para o futuro. Com essas dicas, você pode passar por esse momento de maneira mais tranquila.

Que tal pensar um pouco mais nas escolhas que você faz para a sua carreira? Leia nosso texto sobre como lidar com a insatisfação profissional!

Como conciliar trabalho e família? Confira nossas 5 dicas

Você já teve a sensação de que o tempo passou rápido demais? Na nossa rotina atual, esse não é um sentimento incomum. Com tantas responsabilidades, muitas vezes é difícil conciliar trabalho e família.

Essa é uma questão geradora de angústia para muitas pessoas, que não conseguem fazer com que o sucesso profissional e familiar andem juntos. Se esse é o seu caso, saiba que é possível aumentar essa harmonia, seja você o funcionário de uma empresa ou mesmo dono do seu próprio negócio.

Quer saber como fazer isso? Veja as nossas dicas!

1. Organize sua rotina

O primeiro passo para ter um dia a dia mais tranquilo e sentir que sua semana rendeu, é organizá-la. Para se dividir entre trabalho e família, o planejamento é fundamental. Procure ter uma boa gestão do tempo quando estiver na empresa. Planeje suas ações e concentre-se em cumprir as metas durante o horário comercial, para evitar horas extras.

Em casa, também é possível se organizar para garantir melhor aproveitamento das horas. Analise a rotina da família e veja o que pode ser mudado, para que vocês passem menos tempo resolvendo problemas e possam relaxar mais juntos.

2. Saiba a hora de parar de trabalhar

No mercado de trabalho atual, esse pode ser um desafio para muitos profissionais. Com a competitividade em alta e as metas cada vez maiores, a tendência é que o brasileiro trabalhe sempre mais. Entretanto, saber a hora de parar é fundamental para quem quer ter sucesso também nas outras áreas da vida.

A palavra-chave sempre será o equilíbrio! Trabalhar demais pode trazer malefícios para a sua saúde, sua vida social e, claro, sua relação familiar. Descansar, cuidar de si mesmo e se divertir com as pessoas que amamos são aspectos fundamentais na vida de todos nós.

Sabemos que muitas vezes a empresa precisa de maior dedicação e pode ser necessário fazer hora extra, mas os limites precisam ser respeitados. Não se sobrecarregue e não exija compreensão excessiva dos seus familiares. Se a carga no trabalho estiver prejudicando sua saúde e suas relações, é hora de rever suas escolhas.

3. Utilize as vantagens da tecnologia

É possível se fazer presente em casa mesmo no horário de trabalho, basta aceitar a ajuda da tecnologia. Se você não puder almoçar com a sua família, aproveite esse horário para fazer ligações. Telefonar para sua esposa, filhos ou pais por alguns minutos por dia pode fazer muita diferença na qualidade da relação de vocês.

Durante outros intervalos do trabalho você também pode entrar em contato com seus familiares. Mandar uma mensagem ou fazer uma ligação rápida não vai atrapalhar seu rendimento na empresa.

A tecnologia não é útil apenas para facilitar a comunicação. Também existem opções para ajudar o seu dia a ser mais organizado e render mais. Os aplicativos de agenda, por exemplo, permitem que você programe os compromissos e receba alerta para se lembrar de tudo que foi combinado.

Além disso, há aplicativos que podem dar ideias de programas divertidos para fazer em família. Dessa forma, vocês perdem menos tempo decidindo o que fazer e conseguem aumentar os momentos de lazer juntos.

Para quem trabalha de forma autônoma ou tem a própria empresa, a tecnologia também serve para reduzir seu tempo no trabalho. Reuniões com clientes e pedidos a fornecedores podem ser resolvidos via internet ou telefone, evitando deslocamentos e aumentando o seu tempo em casa.

 

perfil-empreendedor

 

4. Valorize sua família

Não será possível conciliar trabalho e família enquanto o primeiro for prioridade absoluta, em detrimento do segundo. É preciso ter clareza de que a relação familiar é importante e que deve ser tratada com tanta seriedade quanto o trabalho. Do contrário, você sempre dedicará mais tempo à empresa e possivelmente desmarcará muitos compromissos familiares.

Lembre-se de que isso não é saudável. Para ser um bom profissional, você também precisa estar bem consigo mesmo e com quem você ama. Por isso, quando estiver com a sua família, procure se desligar totalmente do trabalho. O tempo de lazer e felicidade são positivos até mesmo para a empresa, pois aumentam sua disposição e produtividade.

Quem gere o próprio negócio provavelmente vai sentir mais dificuldade em distanciar-se do trabalho, por isso a organização da rotina foi nossa primeira dica. Você precisa coordenar a sua rotina de forma que os encontros com a família estejam planejados e ela seja prioridade absoluta nessas oportunidades. Se você só consegue separar poucas horas por dia, ou apenas o fim de semana, é importante que nessa hora as obrigações profissionais sejam postas de lado.

Preze por fazer refeições juntos e conversar toda noite, compartilhando o que aconteceu no dia de cada um e fortificando os laços afetivos. Nas folgas e fins de semana, façam programas que todos gostem. Esses são dias para se divertirem juntos. Fazer passeios e viagens é muito interessante, mas também é possível ter bons momentos em casa, sem gastar muito.

5. Delegue tarefas

Para fazer com que trabalho e família andem juntos, é preciso mais tempo, certo? Como o dia não pode ter mais do que 24 horas, você precisa otimizar a sua agenda. Uma dica é passar a delegar mais — e isso pode ser feito tanto na empresa quanto em casa!

No trabalho, é preciso reconhecer que há colegas com quem você pode contar. Observe se a sua carga horária é excessiva e analise quais atividades podem ser realizadas por outras pessoas ou, pelo menos, com a ajuda delas.

Em casa, vale a mesma ideia. Sua família é a sua equipe e vocês podem se ajudar. Para aproveitar melhor o tempo, divida as tarefas domésticas entre todos. Se a limpeza da casa requer muito de vocês, há a opção de contratar uma diarista. Delegue também o planejamento das atividades que vocês farão no fim de semana. Assim, quando chegar o dia, já está tudo organizado e vocês podem curtir.

Garantir momentos de qualidade na empresa e em casa não é impossível, mas requer organização e compromisso. Para conciliar trabalho e família, siga as nossas dicas! Você consegue ser um bom profissional e, ao mesmo tempo, investir no relacionamento com as pessoas que você ama.

Gostou desse texto? Para receber mais dicas como essas, curta nossa página no Facebook!